Confira 11 referências de cenas épicas dos filmes de super-heróis

Introdução

É sempre um desafio adaptar uma série de quadrinhos para as telonas do cinema ou TV. Filmmakers devem ser capazes de criar algo acessível para os espectadores e conseguir no mesmo filme, prestar homenagem aos quadrinhos e aos seus supefans. De vez em quando, os filmes conseguem recriar versões de ações ou até mesmo cenas e capas dos quadrinhos. As produtoras Disney, Marvel, Warner Bros, e até mesmo a Sony entraram no jogo trazendo cenas clássicas de quadrinhos para a vida dinâmica do cinema. É muito fácil perder esses momentos “cenas”, mas criamos um guia “completo” ou quase dessas cenas.!

1Bane quebra a costela de Batman

Quando Bane consegue quebrar a costela de Batman no Dark Knight Rises, foi um momento bastante chocante – pelo menos para os fãs que não tinham lido os quadrinhos -Nos filmes de Batman, de Christopher Nolan, vimos alguns inimigos que poderiam realmente ir pau a pau contra o Batman. Mesmo seu maior inimigo, o Joker, representava pouca ameaça em termos de combate físico. Tudo o que tornou ainda mais surpreendente ver Bane levantar Batman e quebrar suas costas “costela”. Para os espectadores casuais, esta cena foi uma grande surpresa, mas para Bat-fãs de longa data, a imagem foi imediatamente reconhecível.

O filme é uma homenagem ao arco de Knightfall dos quadrinhos, no qual Bane descobre que Bruce Wayne era o Batman e decidiu testar a força de seu inimigo “Batman” soltando todos os seus piores inimigos de Arkham Asylum na cidade. Depois que Batman voltou cansado “esgotado” para a Batcave, Bane travou um combate corpo-a-corpo, e finalmente quebrou suas costelas, construindo uma cena chave nos quadrinhos. Batman levou muitos longos meses de fisioterapia profissional para se recuperar.

2Combo do Gavião Arqueiro e Homem-Formiga

Uma das melhores partes do Capitão América: Guerra Civil estava em ver diferentes heróis interagindo entre si. Esta foi a primeira vez que personagens mais velhos como Hawkeye interagiram com heróis mais recentes como Ant-Man. O exemplo mais engraçado e charmoso veio quando Hawkeye disparou um flecha com o Homem-Formiga em miniatura se segurando nela. Era uma cena nunca vista antes nos cinemas, mas para os fãs de quadrinhos era uma cena já conhecida.

A capa de The Avengers #223 retrata Hawkeye em toda a sua glória roxa, prestes a disparar o Ant-Man de seu arco. As circunstâncias foram um pouco diferentes do cinema. Em vez de jogar o herói-em-herói batalha do aeroporto, Hawkeye e Ant-Man estão lutando contra o vilão Taskmaster e seus capangas. Os dois são capazes de derrotar seus homens, mas quando Taskmaster dispara um explosivo em uma multidão os dois heróis são obrigados a deixá-lo escapar, assim salvando vidas. A edição mostrou que os dois fizeram uma equipe inesperadamente boa, assim como fariam anos mais tarde na tela do cinema.

3Batman, o Gunslinger (Pistoleiro)

Martha Kent acabou desempenhando um papel inesperadamente proeminente em Batman vs. Superman. Ouvir que Superman também tem uma mãe chamada Martha é o suficiente para que Batman não termina-se o serviço, e ele se junta ao Superman para salvar Martha Kent e parar Lex Luthor. No entanto, Luthor é um bom aluno do over-the-top e tem um capanga com um lança-chamas pronto para matar Martha. Para detê-lo, Batman é forçado a pegar uma metralhadora de forma pouco típica e matá-lo antes de saltar dramaticamente pela janela com Martha.

A quadrilha de rua conhecida como Mutantes sequestrou o filho herdeiro da fortuna de goma de mascar Ridley e estavam cobrando resgate. Eles estavam planejando matar a criança depois que eles recebessem o dinheiro, mas Batman apareceu para detê-los. O último mutante de pé segurou uma arma na cabeça da criança e ameaçou assassinar o jovem herdeiro; Sem escolha, Batman usou uma metralhadora derrubada por um mutante derrotado para atirar no mutante e salvar a criança.

4Capitão América Vs Homem de Ferro

Esta é uma das imagens mais emblemáticas de Capitão América: Guerra Civil. Enquanto muitos estavam animados em ver tantos Vingadores em um filme, todo mundo sabia que a verdadeira luta do longa era a luta entre o Capitão América e o Homem de Ferro – um conflito estimulado tanto pela ideologia como personalidade. A imagem deles encaixou perfeitamente em um famoso painel “Capa, Poster” de uma revista em quadrinhos.

Ao contrário de algumas informações desta lista, as circunstâncias por trás desta luta nos quadrinhos foram bastante semelhantes. Em vez do acordo de Sokovia, Os heróis estão lutando pela Lei de Registro de Super-heróis que também colocaria super-heróis sob supervisão e controle governamental.

5Superman Returns levantando um carro

Superman Returns sofreu as sombras dos filmes originais de Richard Donner, assim como Batman Begins. Agora, foi finalmente foi superado pelo Superman de Henry Cavill, já que a Warner Bros faz um esforço para criar seu próprio universo cinematográfico – o que é uma vergonha, porque em muitos aspectos, o Superman Returns pegou referências dos quadrinhos com muita precisão. Um desses exemplos envolve Superman salvar o assistente de Lex (embora ele não sabe que), pegando seu carro. Visualmente, esta é quase uma recreação perfeita de uma cena de quadrinhos.

A cena em questão é na verdade a capa de Action Comics #1, a própria em que Superman e muitos de seus amigos fazem sua estréia. Para os fãs casuais do homem moderno de aço, levantar um carro pode não ser uma grande coisa, mas vale a pena lembrar que quando o Superman apareceu pela primeira vez, ele não era tão poderoso como hoje em dia. Por exemplo, ele não podia voar, apenas pular muito alto. Na época, a ideia de alguém levantar um carro acima da cabeça era algo espetacular, e o Superman de Brendan Routh notou as maravilhas do momento alguns anos depois.

6Morte de Gwen Stacy

Mesmo os fãs que conheciam o destino do personagem nos quadrinhos ficaram um pouco chocados com a morte de Gwen Stacy em The Amazing Spider-Man 2. A Sony já vinha pensando em algum momento parecido pois no primeiro Homem-Aranha de Sam Raimi, Green Goblin jogou Mary Jane de uma ponte – assim como fez com Gwen nos quadrinhos – e ela sobreviveu. No terceiro Spider-Man de Raimi, Gwen sobreviveu à morte e ao perigo várias vezes. Stacey de Emma Stone definitivamente morre, no entanto, e realmente recria uma das cenas mais tristes em quadrinhos.

Existem algumas grandes semelhanças entre as mortes no cinema e nsa HQ. No entanto, há também algumas diferenças importantes. Nos quadrinhos, Stacy é morta pelo mais velho, Goblin Verde, Norman Osborn; No filme, ela é morta por seu filho Harry. O filme também deixa muito claro que Green Goblin a matou, enquanto seu corpo atinge o chão antes que Spider-Man seja capaz de puxá-la para cima. Nas histórias em quadrinhos, o Homem-Aranha a segura com uma teia enquanto ela cai, o que a leva a lhe quebrar fatalmente o pescoço. Nos quadrinhos, ele é assombrado por muitos anos pela ideia de que ela poderia realmente ter sobrevivido a queda, se ele não tivesse tentado salvá-la.

7Dark Knight vai mais retorna

Independentemente da qualidade geral do Batman vs. Superman, foi difícil para os fãs de super-heróis não ficar animado com a luta contra Doomsday no final. Pela primeira vez, a trindade heróica da DC, Batman, Superman e Wonder Woman apareceram na tela juntos. No entanto, a maioria dos combates contra o monstro alienígena fora de controle foi feito por Superman e Wonder Woman. Batman principalmente serve como uma distração para a criatura, embora ele mais tarde fornece uma bolinha de gás Kryptonite para enfraquecer Doomsday. Durante o conflito, há um breve momento de Batman silhueta contra alguns relâmpagos. Para o cineasta casual, isso foi apenas um tiro de uma série de cenas frenéticas. Para os fãs de quadrinhos, no entanto, isso era uma homenagem a um dos maiores quadrinhos absolutos já feitos.

A imagem de Batman mostrada em silhueta contra o relâmpago é estampada na capa do livro Dark Knight Returns. E enquanto que esse relâmpago parecia ser apenas parte do ambiente geral em Batman vs. Superman, é mais simbolicamente vinculado a Batman em Dark Knight Returns, que se inicia com um velho Bruce Wayne, que está aposentado da vida de super-herói, mas cada vez mais consternado ao ver sua cidade consumida por crimes violentos.

8Soco do Capitão América no Hitler

Um dos acontecimentos inesperadamente divertidos na história do primeiro filme do Capitão América surge quando o governo americano não sabe exatamente o que fazer com o Cap depois que o Dr. Erskine morre, e ele acaba como parte da máquina de propaganda para seu país, usando o Capitão em peças teatrais dando socos em atores fantasiados de Adolf Hitler. Embora sirva como um momento engraçado para o público (especialmente quando Steve Rogers se lembra de nocautear Hitler mais de 200 vezes), essas cenas são uma homenagem direta a algumas das imagens de quadrinhos mais famosas do Cap.

Especificamente, é uma homenagem ao Capitão América da primeira edição. O personagem do Cap antecede à Marvel Comics, por isso esta é uma capa da primeira edição impressa por Timely, e fiel ao seu nome, Eles tinham uma imagem oportuna para um comic “quadrinho” publicado em 1941: Hitler sendo nocauteado por um de nossos heróis. Este quadrinho e personagem foram instantaneamente popular.

9Batman Derrota Superman

Apesar do fato de que sua luta  foi literalmente enunciada no título de Batman vs. Superman, muitos ficaram surpresos com a brutalidade do conflito entre Batman e Superman. Em grande parte por causa de sua Kryptonita, Batman consegue vencer a luta, e ele está prestes a assassinar Superman quando o Homem de Aço menciona que a vida de “Martha” está em jogo. Batman cede, mas não antes de colocar sua bota no pescoço de Superman. Para os espectadores casuais, esta é apenas outra cena sombria, mas para os leitores de quadrinhos, no entanto, parece mais que familiar.

Como mencionado anteriormente, grandes partes de Batman vs. Superman foram adaptados de Dark Knight Returns. Alguns desses elementos incluem a própria idéia de Batman e Superman se envolverem em uma luta brutal, bem como a nova “armadura de Batman. Na HQ, como o filme, Batman derrota Superman é quando acontece vários monólogos dramáticos enquanto de pé sobre seu corpo. Há algumas diferenças, porém, o mais óbvio é que na HQ o Batman coloca a mão na garganta de Superman, enquanto no filme Batman coloca sua bota. No filme, Batman precisa de suas mãos livres, porque ele planeja assassinar Superman com uma lança Kryptonite; No quadrinho, ele não tinha intenção de realmente matar Superman.

10Stick and Stone (Vara e Pedra)

À Marvel não se contentou em dominar os cinemas com suas adaptações de quadrinhos – eles trouxeram seus personagens para a televisão também. Tudo começou com a primeira temporada de Daredevil na Netflix, que fez um trabalho admirável de contar uma história única sobre a origem do herói, enquanto presta homenagem aos quadrinhos originais. No final do sétimo episódio de Daredevil, seu antigo mentor Stick consulta seu tenente, Stone; A conversa é breve, e sua ênfase está em se Daredevil estará pronto para o que Stick e Stone percebem ser uma batalha que se aproxima. Como se vê, esta é uma representação incrivelmente precisa de uma página dos quadrinhos de Daredevil.

Nos quadrinhos, os personagens têm quase a conversa exata. Na série, Stone está preocupado se Daredevil estará pronto quando as portas se abrirem; Nos quadrinhos, ele é um pouco mais explícito, identificando Daredevil e Elektra como dois dos únicos “adeptos” que poderiam ajudar sua ordem a lutar contra seus inimigos. Stick pergunta isso em ambas as versões, perguntando se Daredevil está pronto para se juntar ao grupo.

11Colhendo informações dando o velho cagão ou não

Depois de Daredevil foi a vez de Jessica Jones expandir a linha  temporal da Marvel na Netflix. Enquanto muitos se perguntavam se a Marvel iria copiar sua bem-sucedida fórmula com Daredevil, a empresa em vez disso contou uma história realista sobre uma mulher super poderosa que tenta sobreviver dia a dia e escapar dos traumas de seu passado. Uma das imagens que firma isso, mostra Jessica Jones mentir para alguém em um telefonema como uma forma de coletar informações. Ao invés de fazer isso em um escritório ou outro ambiente profissional, ela fez isso no banheiro, uma metáfora perfeita para a forma como ela tem dificuldade em dividir sua vida profissional e pessoal. Como se vê, foi uma recriação quase perfeita de uma cena da HQ.

Nos quadrinhos, Jones também é posto de forma ignominiosa no banheiro ao lidar com questões relacionadas ao trabalho, mas ela não está obtendo informações; Em vez disso, ela está pensando sobre um cliente em potencial. Fiel à forma, ela também está pensando sobre o quanto ela não quer pedir ajuda a ninguém neste caso específico, determinada a enfrentar sozinha.

Gostou? então compartilhe com seus amigos para dar aquela força. Quer mais LISTAS? clique aqui. valeu.